Automação ETA Iguaçu

Placeholder

INTRODUÇÃO

Fornecimento de mão-de-obra de engenharia para a execução das atividades de desenvolvimento de software e serviços de comissionamento e startup para a ETA Iguaçu em Curitiba. Cliente: Cembra Engenharia


O DESAFIO

Efetuar a adequação dos diagramas lógicos e de controle, aplicações dos CLPs e IHMs, topologia das redes de comunicação e telas do supervisório, integração do raspador de lodo (ETL – fornecimento Xylem) e Contipress (secagem de lodo – fornecimento Andritz Separation), além do comissionamento e startup dos seguintes sistemas da ETA Iguaçu:

- ETL;
- Secagem de lodo;
- Filtros.

SOLUÇÃO E FUNDAMENTOS

Plataformas utilizadas:

- Controladores e remotas: CLPs AL-2003/AL-2004 e remotas da série Ponto fornecimento: Altus;
- Interfaces homem-máquina: linha Exter – fornecimento: Altus;
- Sistema de supervisão: iFix – fornecimento: GE;
- Gateways Modbus <> As-i – fornecimento: Pepperl Fuchs;
- Inversores de freqüência: CFW-700 – fornecimento: WEG;
- Redes de comunicação: Profibus DP, As-i, Modbus-RTU e Alnet II (Altus).



ETA_IGUACU_2/

ETA_IGUACU_3/

RESULTADOS

Concluídas as atividades em campo, obteve-se como resultados das intervenções no sistema de automação da planta:
- Interfaces com o operador (sistema de supervisão e IHMs) mais amigáveis e eficientes;
- Processo completo de tratamento do lodo obtido;
- Aprimoramento das lógicas de lavagem de filtros;
- Otimização do desempenho das redes de comunicação;
- Controle e rastreabilidade total do processo.