Central de Produção de Concreto

Introdução

Substituição de CLP e Supervisório antigos, e desenvolvimento de softwares aplicativos dos mesmos para controle e operação da Central de Produção de Concreto da Cassol.

O Desafio

O sistema antigo já não estava mais produzindo o esperado, assim como não possuía todos os recursos de receitas e relatórios dos quais o cliente necessitava.

Solução e Fundamentos

A automação foi realizada com um CLP da família TSX Micro da Telemecanique e com o Supervisório Elipse Scada, comunicando através do protocolo Modbus RS485.

Inicialmente, apenas com a substituição das tecnologias antigas, teve-se acesso a novos recursos de programação antes não disponíveis, como a linguagem de programação de CLP chamada Grafcet. Além disso, os softwares foram totalmente desenvolvidos do início e, portanto sofreram melhorias de acordo com a necessidade do cliente.

Foram desenvolvidos novos layouts de telas mais amigáveis aos operadores, novos relatórios de materiais utilizados, relatórios diários e mensais de produção para cada tipo de produto, telas de cadastro de novas receitas, relatórios de tempos de operação de cada dispositivo do sistema, bem como telas para entradas de parâmetros de tempo de acionamento dos mesmos dispositivos, para possibilitar a otimização do processo.

Ainda numa segunda etapa foi aberta para o operador a utilização simultânea dos dois módulos de pesagem e mistura, que até então eram utilizados apenas de forma separada, ou seja, podia-se utilizar apenas um módulo de cada vez.

Resultados

Após todas as melhorias terem sido implementadas, pôde-se observar nitidamente um aumento na produção da Central de Concreto, bem como através de todos os relatórios desenvolvidos ficou possível um maior controle não só quantitativo, como qualitativo dos produtos fabricados pela empresa, assim como a manutenção preventiva do sistema tornou-se possível e eficaz, através da disponibilização em relatórios dos tempos de funcionamento de cada dispositivo do sistema.